Sailor Moon Crystal

©VIZ Media/Naoko Takeuchi/Toei Animation

Sailor Moon teve seu inicio no Japão em Fevereiro de 1992, com sua primeira versão em anime lançada em Março do mesmo ano. Criado e ilustrado pela Naoko Takeuchi, a série que teve seu inicio no mangá, e rapidamente se tornou um grande sucesso de público e crítica, sendo licenciado em vários países, incluindo o Brasil em 1996 pela extinta Rede Manchete, exceto o mangá, que só veio para cá oficialmente em 2014 pela editora JBC.

Além das 5 temporadas do anime, a série também conta com 3 filmes. E mesmo após o termino da série antiga, ela continuou sendo exibida em vários lugares do mundo. Sem contar com a venda bem sucedida de todos os cacarecos relacionados pelo mundo.

Em Julho de 2012, em comemoração dos 20 anos da série, é anunciado oficialmente que uma nova adaptação do mangá estava sendo produzida com previsão de lançamento em 2013, mesmo sem muitos detalhes sobre sua criação, o anime só estreou em Julho de 2014, sendo exibido em um lançamento mundial, sendo transmitido também pela Internet pelos sites NicoNicoDouga e Crunchyroll.

Sailor Moon Crystal tem algumas diferenças com relação ao seu antecessor, sendo uma adaptação nova, sem ligação com as outras temporadas, ou seja, não é uma continuação, além da história estar mais fiel ao mangá, ele também trouxe algumas novidades.

A série é animada pela Toei Animation, responsável por todos os 200 episódios da série original. Dirigido por Munehisa Sakai, o padrão segue o mesmo estilo “mahou shoujo” em que a consagrou e marcou milhões de pessoas.

A qualidade da animação é muito boa, aproveitando bem os novos recursos de computação gráfica que temos hoje, os traços, são bem mais leves e os contornos bem definidos, com cores mais suaves. Com isso, criou-se uma nova identidade visual das personagens, que agora tem um ar mais “moderno”, sem desmerecer o visual clássico.

Os temas de abertura e encerramento são novos, ambos compostos pelo grupo musical Momoiro Clover Z, que ajudou muito na divulgação do anime no Japão.

Quem conhece Sailor Moon, sabe das cenas de transformação que cada uma das Sailor Senshi tem, e é única para cada, e em Sailor Moon Crystal, todas foram totalmente modeladas em 3D, o que gerou uma grande surpresa para todos os milhões de espectadores pelo mundo. As cenas de transformação, foram feitas em Cell Shading, uma técnica de renderização que simula a mesma arte dos desenhos 2D, só que com vetores, polígonos e texturas mais chapadas. Os produtores se inspiraram nas animações antigas, e captaram boa parte do conceito, criando-se assim, novas sequências, dando todo um toque especial a série.

Mas assim como toda e qualquer novidade, Sailor Moon Crystal também gerou bastante barulho entre o fandom, levantando muitas discussões e dividindo opiniões. Segundo minhas pesquisas, havia uma grande expectativa quanto ao anime ser igual ao primeiro, o que não aconteceu. Outro ponto levantado, é sobre as cenas em CGI, consideradas desnecessárias e fora de contexto para um anime clássico.

Outras críticas foram para o tema de abertura, a MOON PRIDE, cantada pelo grupo Momoiro Clover Z, considerada por muitos, uma heresia, outra comparação, ao tema clássico, a Moonlight Densetsu.

Vale lembrar que este anime, não é um reboot, e sim, um remake, o que significa que não teremos algo igual a série dos anos 90, e sim uma diferente, com traços mais leves, e uma história mais fiel ao  mangá. Infelizmente, para a grande maioria, isso não colou.

Mas depois de tudo isso podemos considerar o anime uma bomba? É claro que não!

Sailor Moon Crystal tem tudo para agradar pessoas de todas as idades, além de ser uma série totalmente nova em comemoração aos 20 anos, traz consigo toda a inovação tecnológica, deixando a série no mesmo nível de animação de outras mahou shoujo atuais, sem perder o seu charme que foi todo pensado para está série. É preciso compreender o conceito e as ideias por trás desta nova adaptação, ao invés de procurar referencias com o passado, com isso, aproveitando tudo que esta nova série tem a oferecer.

A série se encontra atualmente no 6º episódio, e a previsão é que serão feitos 26 ao todo no momento. Um novo capítulo é lançado a cada 15 dias, apenas aos sábados.

Quem quiser acompanhar, recomendo que façam isso pelo Crunchyroll.

Anúncios

Um comentário em “Sailor Moon Crystal

  1. Olá!!

    O texto ficou bom Tio Tomoyo. Mas é necessário prática, para assim alcançar a perfeição. E como fazer isso? Escreve muito! xD

    Gostei de como você colocou as coisas. As pessoas nunca se tocam que remake, reboot não é a série original, simplesmente ignoraram esse fato e adoram criticar. Se fosse igual ao antigo, creio eu que teriam milhares reclamando também. Isso me lembrou o povo de Saint Seiya que acho que não sabe o significado de reboot, assim como os fãs de Sailor Moon devem não saber o de remake….

    Confesso dizer que o anime, assim como outros do estúdio estão fadados a ter cenas mal feitas, mas convenho dizer que é uma representação bastante fiel do mangás que temos em mãos atualmente.

    Até mais

    Curtido por 1 pessoa

Os comentários estão encerrados.