Se querem reconhecimento, façam melhor.

Já e sabido que, a sociedade não está pronta para mudanças, e vai fazer de tudo para impor seus costumes. Só que quando alguém famoso, e com $$$ aparece quebrando tabus, todos parecem perder a cabeça, principalmente os homens.

Patrocínio: MS Paint, imagens infantis para não pagar direitos autorais ou kibar de outros sites. Vida longa ao Paint!
Eu não assisto televisão, mas tenho visto muito sobre um tal de Rodrigo Hilbert, apresentador, rico, e casado como qualquer cara comum. Na prática isso pouco me importa, estaria cagando e andando se não fosse por um detalhe que me chamou a atenção. O cara simplesmente mandou o fuck it all e passou a fazer tudo que estava ao seu alcance. Desde crochê, até construir casas de madeira como pode conferir aqui
O choque na sociedade masculina foi traumático.
O mimimi imundou as redes sociais nestas últimas semanas. Eu li vários posts de homens se sentindo ameaçados, injustiçados e ultrapassados, verem alguém da mesma espécie fazendo tudo aquilo que eles não fazem. Mulheres estão cobrando seus maridos, além de elogiar a atitude do artista.
Soube até de um suposto post no Facebook, endereçado ao apresentador, com os dizeres: “…pare..”, “…está me atrapalhando…”
Olha, o “Clube do Bolinha” vai me desculpar, mas na boa, esse choro só vai nos denegrir ainda mais, mostrando o quanto eu, talvez você e os demais homens se tornaram incompetentes e idiotas. Deal with it, fuck it.
Eu não faço nem 1/3 do que ele faz, e não me sinto nem um pouco ofendido ou ameaçado por causa do apresentador. Já fui passado p/ atrás por pessoas menores do que eu, já fui humilhado porque não fiz o que a sociedade quis, fui jogado no chão e pisoteado pelos meus “concorrentes”. Mas eu me levantei e estou aqui, firme e de pé com grandes aprendizados.
Sabe, acho que podemos aprender algo com tudo isso. Ao invés de apenas chorar como catarrentos, podemos fazer diferente. Não que você seja obrigado, mas assim como alguns poucos taxistas se re-inventaram por causa do Uber, está chegando a hora de fazer o mesmo.
Se querem reconhecimento, façam melhor, e por merecer.
Anúncios